27 ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO


27  ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃODestaques

  1. Mussumbuluko Guebuza no negócio de armas

Através de Mussumbuluko o Governo comprou armamento a uma empresa isrealista denominada IWI. Mussumbuluko supervisionou o teste das armas e as instruções em Boane e Namaacha.

  1. Três mortos e vários feridos em emboscadas a oito autocarros
    • Domingo sangrento

Inocentes continuam sendo vítimas de emboscadas.

  1. Agentes da Justiça clamam por mais segurança

Agentes da justiça moçambicana envolvidos na investigação e julgamento de casos relacionados com crimes organizados sentem-se vulneráveis devido a deficiente protecção das instalações e dos intervenientes processuais, particularmente dos que lidam com matéria criminal.

  1. Violação dos Direitos Humanos em Moçambique

Oitenta e três pessoas foram vítimas de execuções sumárias em Manica, Sofala, Tete e Zambeze

Há 16 pessoas destas províncias em busca de protecção, dos quais cinco casos são do conhecimento da Procuradoria-Geral da República.

  1. Para superar crise político-militar e económico-social

LDH recomenda revisão da Constituição para redução dos poderes discricionários do Presidente da República.

  1. Em Gorongosa

Doze escolas encerram devido a guerra

  1. Nas zonas sul e centro

Seca provoca desnutrição crónica aguda a 1400 crianças.

  1. De 2010 a 2015

Cerca de 10.000 elefantes foram abatidos por caçadores furtivos.

SAVANA, 13/05/2016

Destaques

  1. A Segurança de Estado na ribalta
    • O Poder da SISE nas dívidas escondidas

O enredo a volta da misteriosa contratação de uma divida superior a dois mil milhões de dólares por parte do governo de Armando Guebuza tem em comum o facto de estarem envolvidos personagens ligadas ao Serviço de Informação e segurança do Estado (SISE).

  1. Engenheiro dos negócios Ematum e Proindicus
    • Do credit Suisse para o universo Iskandar Safa

Um quadro sénior do Credit Suisse, que estruturou os empréstimos concedidos por esta instituição bancaria à Ematum e à Proindicus, deixou o Banco suíço pouco depois para trabalhar directamente para o beneficiário chave dos negócios que ameaçam a credibilidade de Moçambique, o empresário libanês Iskandar Safa.

  1. Moçambique nos Papéis do Panamá
    • Pelo menos a filha de Chissano esta metida em paraísos fiscais

Martina Joaquim Chissano aparece como accionista de uma tal empresa de Prima Finance Development Limited e a Autoridade Tributaria de Moçambique escusa-se de falar sobre o assunto considerando-o como sendo muito delicado.

  1. Polícia ordena sepultura dos corpos abandonados em Mocossa sem fazer autopsias
    • Medo da verdade?

A Polícia da República (PRM), ao nível da província de Manica, ordenou o enterro dos treze corpos encontrados sem vidas no distrito de Macossa, Armando Mude.

  1. Crise política, económica e social
    • Estamos hipotecados

Numa dura entrevista, o Presidente do Parlamento Juvenil destaca que o povo é patrão, como o faz reiteradamente o Presidente Filipe Nyusi, é o cúmulo da hipocrisia.

  1. Deixaram o crime organizado dominar a Administração da Justiça e agora…

Magistrados gritam pelo socorro

  1. Os longos sapatos do Dr. Menet, afirma Rui Baltazar no discurso da tomada de posse do novo Bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique.

27 ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s