JPIC Commission, USG-UISG, Rome, Italy


JPIC Commission, USG-UISG, Rome, Italy LOGO WebThe JPIC Commission promotes and supports the integration of JUSTICE, PEACE & INTEGRITY OF CREATION (JPIC) in the life and mission of the Union of Superior Generals (USG) and the International Union of Superior Generals (UISG) and their member congregations.  It is responsible for animating men and women religious in justice, peace and integrity of creation according to the vows of the evangelical life, through experience, social analysis, spiritual reflection and action.

Our website offers a wide-range of information and resources on justice, peace and integrity of creation. It also serves as a forum for interaction among JPIC Promoters on issues and concerns regarding their ministry, and features a calendar of JPIC Commission events that you can link to your personal calendar. Bookmark http://www.jpicroma.org on your browser and make it a favorite site to visit. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Members of the USG and the UISG

All members of the USG and the UISG are invited to designate a JPIC Promoter for their respective congregation/institute to animate their membership in integrating justice, peace and integrity of creation into their spiritual and ministerial lives as men and women religious. A JPIC Promoter is responsible for helping each person and community to identify his/her own particular way of living and promoting JPIC values. The animation of JPIC consists of four elements: experience, social analysis, theological reflection/scripture/charism and action.

In particular, a JPIC Promoter is charged with the following: Remind congregational membership that evangelization and mission, without a JPIC perspective, cannot be authentic. (Cf. The Synod of Bishops, Justice in the World, 1971); uphold the spirituality of JPIC; animate members in the JPIC values; and develop a framework to help develop the JPIC dimension of Christian spirituality.

JPIC Commission, USG-UISG, Rome, Italy LOGO and data

28 ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO


28  ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO

  1. Jorge Rebelo desabafa sobre a actual conjuntura
    • Defende a responsabilização dos desmandos do Governo de Guebuza
      • “Se a roptura acontecer, que venha”

Jorge Rebelo um dos fundadores da Frelimo, onde foi o temido secretário do Trabalho Ideológico nos tempos de Samora Machel, lamenta o facto de o pais ter sido levado para a sarjeta por um líder consagrado como visionário.

  1. Directora do FMI pronuncia sobre as dívidas ocultas em Moçambique

Há sinais claros de corrupção escondida

  1. José Jaime Macuane é a mais recente vítima

O rapto e consequente baleamento esta segunda-feira, em Maputo, de uma das vozes críticas à governação do dia nos últimos tempos volta a levantar o velho debate sobre a intolerância ao pensamento diferente em Moçambique. José Jaime Macuane, académico e docente universitário, que no domingo último mandou recado ao governo da Frelimo, caiu nas garras dos poderosos poderes ocultos decididos a ditar, de armas em punho, em quê e como os moçambicanos devem expressar-se.

  1. Renamo denuncia ofensivas militares na Gorongosa
    • Iminente mega assalto a Satungira?

Tal como no passado, pode estar em marcha um plano das alas radicais da Frelimo visando anular os passos de Nyusi rumo ao diálogo com Dhlakama.

  1. O cenário é admitido pelo Banco de Moçambique

Suspensão de ajuda ao país coloca riscos à economia

  1. Moçambique esta no lixo segundo a Fitch

Moçambique é um devedor de alto risco e caminha para uma situação de incumprimento financeiro, pelo que deve baixar de CCC para CC, equivalente a lixo, considera a agência de notação financeira Fitch na sua mais recente avaliação sobre o país.

CANAL DE MOCAMBIQUE, 25/05/2016

Destaques

  1. O que os doadores disseram a Maleiane e à Frelimo
    • Os donos da mola

Em documento de duas páginas enviado ao Governo, os doadores mantem a suspensão da ajuda e informaram que já não há confiança devido à má governação e falta de transparência. Os doadores exigem uma auditoria forense para saber onde está o dinheiro, as contas bancarias, as empresas criadas e os donos dessas empresas. Querem também explicações sobre intolerância política e esclarecimentos sobre os refugiados no Malawi e outras violações de direitos humanos.

  1. Atentado contra Jaime Macuane
    • Ordem para deixar coxo

Desconhecidos supostamente dos famigerados esquadrões da morte que estão ao serviço do regime do dia raptaram e balearam o professor Macuane.

  1. Governo entre a espada e a parede
    • O preço do dinheiro dos doadores

A dívida pública embaraça governo na explicação no parlamento.

  1. Na região centro do país

Vinte e seis mil alunos abandonam escolas devido aos confrontos militarem. O número vai aumentar, devido ao encerramento de cinco escolas, na semana passada na localidade de Samoa, no distrito de Moatize, na província de Tete.

  1. Após mais uma tentativa de rapto no leito hospitalar

Liga dos Direitos Humanos retira militante da Renamo do Hospital Central de Maputo.

  1. Vítima de um ataque ao machimbombo da “Nagi Investiment”

Uma jovem militar abandonada há quatro meses no Hospital Provincial de Quelimane queixa-se do Governo.

  1. Dhlakama indica Eduardo Namburete, Jose Manteigas e Andre Magibire para a preparação das negociações.
  2. O escândalo da divida publica
    • Adriano Maleiane continua a mentir descaradamente

Contrariamente ao que a imprensa internacional escreveu, o ministro da Economia e Finanças diz que o Conselho de Ministros foi ao FMI no quadro da “reunião de primavera” e não para esclarecimentos. Diz também que o Conselho de Ministros contraiu a dívida de forma secreta por razões de segurança.

  1. Renamo acusa Maleiane de tentar ludibriar os moçambicanos

Renamo diz que o Governo deve explicar os pormenores da dívida em sessão plenária da Assembleia da República.

REFLEXAO 28

27 ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO


27  ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃODestaques

  1. Mussumbuluko Guebuza no negócio de armas

Através de Mussumbuluko o Governo comprou armamento a uma empresa isrealista denominada IWI. Mussumbuluko supervisionou o teste das armas e as instruções em Boane e Namaacha.

  1. Três mortos e vários feridos em emboscadas a oito autocarros
    • Domingo sangrento

Inocentes continuam sendo vítimas de emboscadas.

  1. Agentes da Justiça clamam por mais segurança

Agentes da justiça moçambicana envolvidos na investigação e julgamento de casos relacionados com crimes organizados sentem-se vulneráveis devido a deficiente protecção das instalações e dos intervenientes processuais, particularmente dos que lidam com matéria criminal.

  1. Violação dos Direitos Humanos em Moçambique

Oitenta e três pessoas foram vítimas de execuções sumárias em Manica, Sofala, Tete e Zambeze

Há 16 pessoas destas províncias em busca de protecção, dos quais cinco casos são do conhecimento da Procuradoria-Geral da República.

  1. Para superar crise político-militar e económico-social

LDH recomenda revisão da Constituição para redução dos poderes discricionários do Presidente da República.

  1. Em Gorongosa

Doze escolas encerram devido a guerra

  1. Nas zonas sul e centro

Seca provoca desnutrição crónica aguda a 1400 crianças.

  1. De 2010 a 2015

Cerca de 10.000 elefantes foram abatidos por caçadores furtivos.

SAVANA, 13/05/2016

Destaques

  1. A Segurança de Estado na ribalta
    • O Poder da SISE nas dívidas escondidas

O enredo a volta da misteriosa contratação de uma divida superior a dois mil milhões de dólares por parte do governo de Armando Guebuza tem em comum o facto de estarem envolvidos personagens ligadas ao Serviço de Informação e segurança do Estado (SISE).

  1. Engenheiro dos negócios Ematum e Proindicus
    • Do credit Suisse para o universo Iskandar Safa

Um quadro sénior do Credit Suisse, que estruturou os empréstimos concedidos por esta instituição bancaria à Ematum e à Proindicus, deixou o Banco suíço pouco depois para trabalhar directamente para o beneficiário chave dos negócios que ameaçam a credibilidade de Moçambique, o empresário libanês Iskandar Safa.

  1. Moçambique nos Papéis do Panamá
    • Pelo menos a filha de Chissano esta metida em paraísos fiscais

Martina Joaquim Chissano aparece como accionista de uma tal empresa de Prima Finance Development Limited e a Autoridade Tributaria de Moçambique escusa-se de falar sobre o assunto considerando-o como sendo muito delicado.

  1. Polícia ordena sepultura dos corpos abandonados em Mocossa sem fazer autopsias
    • Medo da verdade?

A Polícia da República (PRM), ao nível da província de Manica, ordenou o enterro dos treze corpos encontrados sem vidas no distrito de Macossa, Armando Mude.

  1. Crise política, económica e social
    • Estamos hipotecados

Numa dura entrevista, o Presidente do Parlamento Juvenil destaca que o povo é patrão, como o faz reiteradamente o Presidente Filipe Nyusi, é o cúmulo da hipocrisia.

  1. Deixaram o crime organizado dominar a Administração da Justiça e agora…

Magistrados gritam pelo socorro

  1. Os longos sapatos do Dr. Menet, afirma Rui Baltazar no discurso da tomada de posse do novo Bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique.

27 ENCONTRO QUINZENAL DE REFLEXÃO

Mafrwestafrica – Lettre du 30 mai 2016


Mafrwestafrica logoAujourd’hui, les Missionnaires d’Afrique de l’Ouest vous proposent de visiter de nouvelles pages sur leur site www.mafrwestafrica.net :

Dans la rubrique « Actualités » :

« Où en est le chapitre général à Rome ? » Les dernières nouvelles à ce propos, envoyées par la plupart par le Père Patrick Bataille. (lire la suite)

« Notre nouveau Supérieur Général ». C’est le père Stanley Lubungo, originaire de Zambie, qui a été élu pour être le nouveau supérieur général des Missionnaires d’Afrique. (lire la suite)

« Inauguration sanctuaire ND de la Paix à Bamako » dans la paroisse des Martyrs de l’Ouganda, les 7 et 8 mai dernier. (lire la suite)

« Une paroisse confiée aux Missionnaires d’Afrique à Bobo » paroisse qui s’étend sur les secteurs 25 et 26 de la deuxième ville du Burkina. (lire la suite)

Dans la rubrique « Témoignages » :

« Nouvelles du Père Jean Cauvin » qui après de nombreuses années en Afrique de l’Ouest, et un temps à Paris, se trouve maintenant à Billère. (lire la suite)

Dans la rubrique « Dialogue interreligieux » :

« Le pape François toujours en première ligne » : en particulier dans sa rencontre avec l’imam d’Al-Azahr. (lire la suite)

« Mieux connaître l’Islam » C’est une démarche qu’on n’a jamais fini de poursuivre, merci encore au site de l’ARCRE. (lire la suite)

Dans la rubrique « Justice et Paix » :

« Émigrer à partir de l’Afrique de l’Ouest » une route bien compliquée, informations sur le site de RFI à ce propos. (lire la suite)

Dans la rubrique « Vu au sud, vu du sud » :

« ABC Burkina 507 » le dernier article paru sur le site du SEDELAN et qui remet en question les APE. (lire la suite)

« Le Mali toujours sous tension », quelques nouvelles récentes prises sur le site de Jeune Afrique. (lire la suite)

« Lien entre les attentats de Bamako, Ouagadougou et Grand Bassam », là aussi des nouvelles prises sur le même site de « Jeune Afrique ». (lire la suite)

Priestly ordination of Sylvester Chimenge, M.Afr


Ordination Card SylvesterThe parish of Mary Immaculate – Chibuluma and the Chimenge’s family, cordially invites you to the priestly ordination of Rev. Sylvester Chimenge, M.Afr on 4th August 2016 at 09:30, by Rt. Rev. Alick Banda, bishop of Ndola diocese at Christ the King Cathedral in Ndola.

First Mass: 7th August 2016, at St. Mary Immaculate parish – Chibuluma.

Thanksgiving Mass: 14th August 2016, at Martyrs of Uganda – Chikumbi parish.

“YOUR WORD IS A LAMP FOR MY FEET AND A LIGHT FOR MY PATH” Ps. 119: 105

Ordination Card Sylvester 02

Oath of Elvis Ng’andwe, M.Afr


Invitation card Oath ElvisThe Ng’andwe’s family & the community of Kapisha Parish have the joy to invite you to the Missionary Oath of their brother and son Rev. Br. Elvis Ng’andwe, M.Afr. The Oath will be received by Rev. Fr. Stan Lubungo, Superior of Missionaries of Africa for Southern Africa Province. Celebrant: Rev. Fr. Ngosa, the Vicar General of the Diocese of Ndola.

Date: Saturday, 2nd July 2016 at Kapisha Parish (Chingola) at 10:00hrs.

Thanksgiving Mass on Sunday, 3rd July 2016 at Kapisha Parish (Chingola) at 10:00 hrs.

Invitation card Oath Elvis 2

Burundi: tragic death of a cousin of our confrere Jean de Dieu Bukuru, M.Afr


Benoit NizigiyimanaIt is with deep sorrow that I received the sad news of the murder of my cousin Benoit Nizigiyimana. We had a very close bond since he is the one who took care of my twin brother and myself during our last 3 years of secondary school. We lived in his house and he contributed to our school fees and our other needs. He, and his wife Genevieve, cared for us as their own children.

His death occurred after midnight on the 21st May. As he was coming back home with his wife from his bar which is situated near his residence, a man came from the opposite direction as they were approaching the gate. This man greeted them asking them if they were fine (ni sawa?). They replied to him saying that they were fine. He passed them and continued his way. But few metres away, he turned back and shot my cousin in the chest from the back. My cousin immediately collapsed and died. His wife, bewildered with what had just happened shouted at the man crying saying: “this is really what you have done to me, making me a widow?” The assassin opened a grenade which he threw at my cousin’s wife. Fortunately, it exploded some distance away from her but injuring her all badly. The people who heard the gunshot and the explosion of the grenade came to see what had happened. They found my cousin already dead. They took his wife to the hospital and his body to the mortuary.
My cousin was working with the Red Cross as a National Coordinator. He leaves behind a widow and five children still at the secondary and primary school. 

The whole family is in deep sorrow. I beg for your prayers. Jean de Dieu Bukuru, M.Afr

Dear Jean de Dieu, My heartfelt condolences on the tragic death of your cousin Benoit Nizigiyimana. Kindly find here the expression of my sympathy and the assurance of my prayers in this devastating moment your family is undergoing. We pray for the repose of the soul of Benoit and ask for graces of healing and consolation for Genevieve and the Children. United in Prayer, Stanley Lubungo, M.Afr SAP Provincial

From : SOS-TORTURE / BURUNDI

Un cadre de la Croix Rouge du Burundi (CRB) du nom de Benoît Nizigiyimana a été abattu le 20 mai 2016 devant son domicile au quartier Mirango II, zone Kamenge (nord de Bujumbura). Les auteurs de l’assassinat ont aussi blessé son épouse. La victime dirigeait le Département Santé Communautaire à la Croix Rouge Burundi. Des témoins indiquent qu’il possédait aussi un bistrot très fréquenté à Mirango et que le couple a été attaqué alors qu’ils rentraient après la fermeture de leur bar.

http://sostortureburundi.over-blog.com/2016/05/sos-torture-burundi-n-23.html

Two Guest speakers visiting Zambia in May 2016


In collaboration with the Presentation Sisters, the Zambia Association of Sisterhood (ZAS) and the Association of Men Religious in Zambia (ARMS) are inviting you to attend two prestigious conferences.

Religious Life in an evolving Universe.

Gail WorceloSr. Gail Warcelo, SGM, Green Mountain Monastery, USA.

Date: Saturday 21st May 2016 from 08.30 till 15.30 hrs. Venue: International Spirituality Centre at the Christian Brothers opposite the roundabout leading to the airport. Please, bring your packed lunch. Morning and afternoon teas will be provided.

Gail Worcelo is a Catholic sister and co-founder of Green Mountain Monastery in Greensboro, Vermont USA, along with Bernadette Bostwick and the late Passionist priest, cultural historian and Teilhardian scholar Thomas Berry.  

Green Mountain Monastery is a new emergence in the Catholic tradition that seeks to give expression to a theology rooted in the evolutionary dynamism of an unfolding universe.

Gail holds degrees in Clinical Psychology and Christian Spirituality and divides her time between life at the monastery and teaching and leading retreats around the world.

She is passionate about contributing to the evolution of the Catholic tradition in this new “Moment of Grace” and has presented at gatherings such as: LCWR- The Leadership Conference of Women Religious, Catholic Theological Union, International Congregational Chapters of Men and Women, Catholic Theological Union, as well as to groups, seminaries and formation houses in India, Indonesia, Ireland, Australia and Latin America.

Gail finds inspiration in the great role Catholic sisters have played in the evolution of consciousness and culture throughout the ages and is interested in contributing to the revival of women’s religious life by encouraging women to take on this vital dimension of the tradition.

Trends in Religious Life. 

Patricia Murray 2Sr. Pat Murray IBVM, Executive Director of UISG, former Executive Director of Solidarity with South Sudan.

Date: Saturday, 28th May 2016 from 08.30 till 15.30 hrs. Venue: International Spirituality Centre at the Christian Brothers opposite the roundabout leading to the airport. Please, bring your packed lunch. Morning and afternoon teas will be provided.

Executive Secretary of UISG

UISG – On April 1st 2014, Sr. Patricia Murray (Dublin, 1947) assumed the position of Executive Secretary of the International Union of the Superiors General. Sr. Pat, a religious of the Institute of the Blessed Virgin Mary (Loreto Sisters), has a Master’s degree in both Education and Theology and a Doctorate in Practical Theology. She has been a member of the General Council of her congregation and was the former Executive Director of Solidarity with South Sudan.

Apresentacao No 26 dos Jurnais – Mozambique


REFLEXAO 26 logoDestaques

  1. Há cinco empresas no pacote da EMATUM

Com o pacote da divida oculta de cerca de 1.4 bilhões de dólares Guebuza, Nyusi e Chang criaram as seguintes empresas: EMATUM, GIPS, PROINDICUS, MAM e VIPAS. PCA da EMATUM na gestão das empresas.

A VIPAS, é uma empresa de segurança de elite que faz a protecção a Embaixadas e embaixadores, incluindo transporte de dinheiro e jóias.

  1. Os EUA juntam-se ao G14, FMI, BM e ao Reino Unido

Depois do Fundo Monetário Internacional, do Banco Mundial, do Reino Unido e dos parceiros de apoio programático, o G14, agora foi a Embaixada dos Estados Unidos da América que emitiu na segunda-feira um comunicado de imprensa em que mostra a sua preocupação em relação a divida pública de Moçambique e saúda a decisão do G14 de suspender o financiamento do Orçamento do Estado moçambicano.

  1. A carta de Dhlakama ao Presidente de Portugal

Frelimo agora persegue a estratégia de eliminar-me fisicamente.

  1. Administrador da Gorongosa nega aos jornalistas acesso ao local da suposta vala comum

O administrador do Distrito da Gorongosa, Manuel Jamaca, evocou motivos administrativos para impedir os jornalistas e a delegação provincial de Sofala de atravessarem o rio Nhanduwe para a região de Tropa, distrito de Macossa, província de Manica, onde os camponeses dizem existir uma vala comum com mais de 100 corpos abandonados.

  1. PGR e a Frelimo nos tentáculos do Pato Mafioso

Guebuza traçou um plano maquiavélico com uma engenharia cautelosa e minuciosa para endividar o Estado junto das instituições que deram aval ao empréstimo de 9.8 mil milhões de dólares americanos.

  1. Renamo cumpre promessa e não comparece na sessão da Comissão Permanente da Assembleia da República

A Renamo faltou na segunda-feira à sessão ordinária da Comissão Permanente da Assembleia da República por considerar que a convocatória foi enviada tarde e a mesma omitir a discussão sobre a divida publica e a situação política. Para a Renamo, discutir a viagem do Presidente da República a China em sede do Parlamente é extremamente irrelevante.

  1. Forças da Renamo alvejam viatura militar e provocam três mortos

Homens armados supostamente da Renamo emboscaram no último dia 05 de Maio uma viatura militar na região de Potcho, no povoado de Chibaene, na localidade de Chiandane, distrito de Tsangano, província de Tete.

  1. João Trindade diz que se a PGR está a investigar a dívida pública secreta é positivo

O Juiz jubilado João Carlos Trindade diz que, se a PGR deu início a um processo para apurar a verdade sobre o alegado endividamento secreto do Estado moçambicano, é um passo significativo para o esclarecimento da verdade e esse facto deve ser motivo de satisfação.

  1. Diz o relatório de avaliação da implementação da Lei e Regulamento do Direito à Informação
    • Instituições públicas continuam a sonegar informação

Foi apresentada no dia 03 de Maio em Maputo, o Relatório da Avaliação da Implementação da Lei e Regulamento do Direito à Informação. Por ocasião do dia Mundial de Liberdade de Imprensa, que este ano decorre sob o lema: “O acesso à Informação e as Liberdades fundamentais: este é o seu direito”. A avaliação conclui que há vários casos de violações da legislação moçambicana sobre o direito à informação.

  1. Caso Eva Moreno
    • PGR diz que houve crime de prisão ilegal

E recomenda a instauração de procedimento disciplinar contra a polícia.

  1. Dívidas escandalosas hipotecam toda a geração, diz o Parlamento Juvenil

Parlamento Juvenil declara que o Governo deve entregar à Justiça os responsáveis pelo endividamento do Estado.

  1. Na Beira
    • Polícia protege indivíduos do “esquadrões da morte”

Três indivíduos dos quais dois sobejamente conhecidos de um grupo de quatro elementos que supostamente fazem parte dos chamados “esquadrões da morte”, foram detidos no passado sábado, dia 06 de Maio, na cidade da Beira, província de Sofala.

NOSSA REFLEXÃO

Ontem, o Estado da Nação não era satisfatório. Hoje, o real Estado da Nação é péssimo. Com tenção político-militar na ordem do dia, Dívidas ocultas, valas comuns, parcerias público-privadas camufladas e o custo de vida a subir de forma galopante.

A tenção político-militar continua a deflagrar-se pelo território nacional. E até aqui não existe perspectivas claras de um diálogo sincero e responsável. Assistimos hoje a mais infantil das democracias a nível do mundo. No nosso entender, o único que poderá solucionar o conflito moçambicano, não serão os homens vestidos a fatos franceses ou italianos sentados numa mesa redonda com direito de café, água mineral, com os seus Ford Ranger, BMW, Mercedes estacionados no parque, mas desta feita o Povo pacato e soberano, saindo a rua e paralisando o país até as mais extremas consequências.

As últimas informações indicam que a nossa dívida pública atingiu os níveis mais alarmantes de todos os tempos a nível de toda África. E agora? Estas dívidas contraídas em nome do Estado, enquanto na verdade era para enriquecer um grupo de pessoas, será que os nossos impostos conseguirão amortizar toda essa desgraça? Afinal, quem mesmo deve pagar por este escândalo? O Povo? E Guebuza? Chang? Nyusi? (Este último era na altura Ministro da Defesa Nacional). Se de facto a Procuradoria já esta a investigar o caso, oxalá que o façam com maior serenidade e por fim não deixem impunes os responsáveis, prendam-nos.

Moçambique vive hoje o dilema ou a intitulada Era das Valas Comuns. Um Governo que se pretende sério e responsável consigo próprio e para com o Povo como sendo o seu legítimo patrão não ousa em propalar mentiras, discursos infundados e desprovidos de racionalidade como este nosso governo o faz quando instrui os seus homens e todos os mercenários a negarem com garras, unhas e dentes de que não existe nenhuma vala comum. O velho ditado ensina: “Se existe uma capa para cobrir, existira a outra para descobrir”. Ontem fizeram isso com as dívidas públicas, e foram descobertos, hoje, estão fazendo o mesmo as vidas dos nossos irmãos, e igualmente foram descobertos. Mais quem não se arrepende por este governo, só pode ser o pior dos imbecis que uma nação inteligente poderia ter.

Por favor: Devolvam-nos o sossego, a concórdia, harmonia, a tranquilidade, a liberdade e a Paz que são os únicos garantes da dignidade de um Povo por um lado e por outro são estas, as sementes que possibilitam a construção de uma sociedade moderna democrática de direito e de justiça social.

Só nos resta PEDIR A DEUS PAI-TODO-PODEROSO QUE NÃO ABENDONE O SEU POVO. PAI, TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS, TE IMPLORAMOS SENHOR.

A luta continua…. “Enquanto não encontrarem-se a misericórdia e a fidelidade, enquanto não abraçarem-se a paz e a justiça”, não calaremos….

O Secretário: João Dambiro                O Coordenador: Fidel Salazar   

REFLEXAO 26

Apresentacao No 25 dos Jurnais – Mozambique


REFLEXAO 25 logoDestaques

  1. Mussumbuluku e chineses interceptam nossas comunicações

Está em marcha a implementação de um tenebroso projecto de intercepção de comunicações para espiar cidadãos. O Governo quer ouvir as nossas chamadas telefónicas, ler as suas mensagens (sejam por sms, e-mail, watsap, viber).

Armando Guebuza entregou o projecto à empresa do seu filho Mussumbuluku Guebuza, denominada “Msumbiji Investment Ltd”, que por sua vez, chamou a empresa chinesa ZTE para fazer o trabalho.

O projecto esta orcado em 140 milhoes de dólares. Mussumbuluku cobrou à ZTE comissão de 8%.

  1. Depositados em vala comum na região de Canda
    • Descobertos mais de 100 corpos humanos na Gorongosa

A Policia e o Governo de Sofala desmentem as informações, alegando que são tendenciosas.

Forcas de Defesa e Segurança impedem acesso de uma delegação do MDM à vala comum.

NOSSA REFLEXÃO

Ontem, o Estado da Nação não era satisfatório. Mas hoje, o real Estado da Nação é péssimo. Tenção político-militar na ordem do dia, Dívidas ocultas, valas comuns, parcerias público-privadas camufladas.

A tenção político-militar continua a degenerar-se a passos alarmantes um pouco por toda a região centro do país. E o povo continua mergulhado em incertezas profundas e sem claras evidências de solução, isto porque a vontade política dos beligerantes parece estar muito longe de se unir para uma mesa redonda. As crianças que são o garante do futuro da nação, vêem os seus mais preciosos direitos a saúde e a educação adiados ou mesmo relegados para a prateleira do desconhecido.

As últimas informações indicam que a nossa divida pública atingiu os níveis mais alarmantes de todos os tempos a nível de toda África. E agora? Estas dívidas contraídas em nome do Estado, enquanto na verdade era para enriquecer um grupo de pessoas, será que os nossos impostos conseguirão amortizar toda essa desgraça? Afinal, quem mesmo deve pagar por este escândalo? O Povo? E Guebuza? Chang? Nyusi? (Este último era na altura Ministro da Defesa Nacional).

Em Canda, numa das regiões da Gorongosa, soaram a dias a existência de uma vala comum com corpos humanos. Mas o governo do dia parece estar a encobrir tudo alegando como sempre, trata-se de uma invenção. Será? Se se trata de uma invenção como alegam, porque há tanta forca no local para impedir o acesso ao local? Ou é mentira, ou é verdade.

Por favor: Devolvam-nos o sossego, a concórdia, harmonia, a tranquilidade, a liberdade e a Paz que são os únicos garantes da dignidade de um Povo por um lado e por outro são estas, as sementes que possibilitam a construção de uma sociedade moderna democrática de direito e de justiça social.

Só nos resta PEDIR A DEUS PAI-TODO-PODEROSO QUE NÃO ABENDONE O SEU POVO. PAI, TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS, TE IMPLORAMOS SENHOR.

A luta continua…. “Enquanto não encontrarem-se a misericórdia e a fidelidade, enquanto não abraçarem-se a paz e a justiça”, não calaremos….

O Secretário: João Dambiro      –     O Coordenador: Fidel Salazar   

REFLEXAO 25

Death of the Mother of our Confrere Paul Namono


Paul NamonoI am deeply saddened to inform you that the Mother of our Confrere Paul Namono passed away this afternoon. As many of you know, Paul has already lost three relatives (two brothers and an uncle) in the past four months. It’s hard to find words to say to Paul. 
He will leave Malawi tomorrow for Burkina Faso.
May our hearts go out to him during this difficult time and our prayers serve as comfort to Paul and his loved ones.

Stan Lubungo, M.Afr – SAP Provincial

Link: Sudden death of another brother of our confrere Paul Namono; Mr Fernand Namono

First Anniversary of the passing on of our brother Clement Alekwe.


Nairobi - Photo of Y.Ps and Confreres at Fr. Alekwe grave at St. St. Austin. IMG-20160516-WA0007Greetings from Nairobi. Today marks the first Anniversary of the passing on of our brother Clement Alekwe. He died here in Nairobi on the 16th May 2015 and was laid to rest at the St. Austin’s cemetery where some of our confreres have been buried. Yesterday, the 11.00 am Mass at our Lady Queen of Peace Parish, South B, Nairobi, was celebrated in his memory. It was attended by many Parishioners and all the YOUNG PROFESSIONALS (Y.Ps), a group which was founded by Clement eleven years ago. After the Mass, a tree was planted in honour of Fr. Clement. This morning, (the day Clement died) the Y.Ps and some confreres went to St. Austin’s Cemetery to pray for Clement, our confreres and all the dead.

This afternoon, our confreres and many of our candidates are going to start their retreat at Nyahururu. The retreat is organized by the Kenya sector. We pray for them as they do the same for us.

John Aserbire, M.Afr on behalf of the Provincial Secretary.

Nairobi Y.Ps with Confreres - at Fr. Alekwe's Grave at St. Austin - IMG-20160516-WA0008Picture: Young Professionals and our Confreres at St. Austin’s cemetery today.

Link: Death of Father Clement Alekwe, 16th May 2015

Mafrwestafrica – Lettre du 15 mai 2016


Mafrwestafrica logoAujourd’hui, les Missionnaires d’Afrique de l’Ouest vous proposent de visiter de nouvelles pages sur leur site www.mafrwestafrica.net :

Dans la rubrique « Actualités » :

« Ordination épiscopale de Richard K. Baawobr » le Supérieur Général de notre Société missionnaire a en effet été nommé évêque de son diocèse d’origine au Ghana. (lire la suite)

« Le Père Bataille à Wa, au Ghana». C’est le père Patrick Bataille responsable du secteur France, qui représentait la province d’Europe à cette célébration. (lire la suite)

« Evêque auxiliaire à Johannesburg ». Ce nouvel évêque est un grand ami ses missionnaires d’Afrique. (lire la suite)

« Composition du chapitre général » des Missionnaires d’Afrique, qui a commencé le 13 mai 2016 à Rome (lire la suite)

Dans la rubrique « Témoignages » :

« Journée de prière pour les vocations » cet article nous permet de découvrir ce que le pape François a dit le 17 avril dernier à cette occasion (lire la suite)

« Vincent Somboro à Ghardaia » : une lettre envoyée par ce malien originaire du diocèse de Mopti et vivant son stage de M.Afr à Ghardaia. (lire la suite)

« Opérateurs pastoraux tués en 2015 » : cette liste prise sur l’Agence Fides prouve l’engagement de ces missionnaires hommes et femmes (lire la suite)

Dans la rubrique « Dialogue interreligieux » :

« Transformer l’Islam de l’intérieur ? » : trois articles publiés récemment sur le site de l’ARCRE (lire la suite)

« Surprises dans le dialogue » comme par exemple celle de l’élection d’un maire pakistanais à Londres (lire la suite)

Dans la rubrique « Justice et Paix » :

« L’Europe souhaitée par le Pape » « je rêve d’un nouvel humanisme européen, d’un chemin constant d’humanisation», requérant «la mémoire, du courage, une utopie saine et humaine » a ditt François à l’occasion de sa réception du prix Charlemagne (lire la suite)

Dans la rubrique « Vu au sud, vu du sud » :

« Coton OGM et semences paysannes » un nouvel article paru sur le site « abcburkina.net » du SEDELAN (lire la suite)

« Contre Boko Haram ? » sur le site de Radio France Internationale, des informations récentes à ce propos (lire la suite)

28th General Chapter of the Missionaries of Africa


Logo Chapter 2016 copieChapter 2016 01bOn Friday morning the 13th May 2016, our Superior General, newly ordained Bishop of Wa in Ghana, came back to preside over the 28th General Chapter of the Missionaries of Africa, at least until a new Superior General is elected. At 12:30 on Friday, the Community of the “Maison Généraliste” together with all the capitulants already arrived, came together to welcome and congratulate Richard.

Nota Pastoral dos Bispos Católicos de Moçambique


Bishop statement Moz. May 2016 titleÀs comunidades cristãs e a todos os homens e mulheres de boa vontade, queremos saudar com as palavras de Jesus Cristo Ressuscitado:“A Paz esteja convosco”.

Nós, os Bispos católicos de Moçambique, reunidos no Centro de Formação de Nazaré, Arquidiocese da Beira, continuamos muito preocupados pela vertiginosa deterioração da vida social, política e económica do nosso país.

Perante o recrudescimento de acções de violência: acusações mútuas, corte de estradas, raptos, esquadrões de morte, com o desaparecimento e assassinato misteriosos de pessoas, enfrentamentos armados com muitas mortes de civis e militares, semeando luto nas nossas famílias, renovamos o apelo que fizemos ao Governo e à Renamo no dia 10 de Novembro de 2015 para o “silêncio absoluto das armas” e para a“urgência dum diálogo eficaz envolvendo as forças vivas da sociedade”. Exortamos igualmente a todos a respeitarmos a vida e a cumprirmos o mandamento do nosso Criador e Senhor: “Não matarás” (Dt5, 17).

Apelamos vivamente a não ficarmos surdos ao grito do povo que noite e dia clama “paz, paz, paz”; e a não ficarmos indiferentes à denúncia de D. Jaime Pedro Gonçalves, grande profeta da paz que disse: “Mesmo que toquem juntos todos os batuques de Moçambique, ninguém ouve”. Com ele afirmamos que é necessário terminar com a retórica e as promessas enganosas, e ter a coragem de dar passos concretos para pôr fim às hostilidades.

Renovamos a nossa solidariedade com todo o povo moçambicano que, apesar destes sinais de morte, vive na esperança de uma autêntica paz. Reiteramos a nossa disponibilidade de buscarmos juntos o caminho da reconciliação, da justiça e da paz.

Convidamos as nossas comunidades cristãs e todos os homens e mulheres de boa vontade para uma jornada especial de oração pela paz e de solidariedade no dia 22 do próximomês de Maio, Solenidade da Santíssima Trindade, Deus Amor e Misericórdia. A colecta deste dia será encaminhada integralmente à Cáritas Nacional para acudir às necessidades dos moçambicanos Refugiados no Campo de Kapise, no Malawi.

Bishop statement Moz. May 2016 signature

Pastoral Letter of the Catholic Bishops of Mozambique

“I heard the clamour of my people… I saw their sufferings” Ez: 3, 7.

We would like to greet all Christian communities and people of good will with the Words of Jesus Christ the Risen One: “Peace be with you.”

We, the Catholic Bishops of Mozambique, gathered in the Formation Centre of Nazaré, in the Archdiocese of Beira, continue to be very much preoccupied by the vertiginous deterioration of the socio-political and economic life of our country.

Faced with the recrudescence of violent actions such as: mutual accusations, the cutting off of roads, rape, death squad, the mysterious disappearing and murdering of people, the armed confrontations with many deaths of civilians and soldiers provoking mourning in our families, we renew the appeal that we made to the Government and RENAMO on the 10th November 2015 to “absolutely set their guns to silence”, to “urgently come to an efficient dialogue involving all the social bodies”. We equally exhort all to respect the dignity of human life and to observe the commandment of our Creator and Lord “You shall not kill” Dt: 5, 17.

We are strongly appealing not to remain deaf to the cry of people who, night and day are shouting, “peace, peace, peace”; not to remain indifferent to the denunciation of the great prophet of peace, the Bishop Jaime Pedro Gonçalves who said, “all the drums of Mozambique may be beaten altogether, no one hears”. With him, we affirm that it is necessary to finish with the rhetoric and the false promises and to have the courage to make some concrete steps to put an end to the hostilities.

We renew our solidarity with the Mozambican people who, despite these signals of death, live in hope of an authentic peace.

We reiterate our availability to search together the way towards reconciliation, justice and justice.

Francisco_J.SilotaWe invite our Christian communities, all men and women of good will for a special day of prayer and solidarity on the 22nd May, Solemnity of the Most Holy Trinity, God who is love and merciful. The collection on this day will be integrally sent to Caritas National to help the Mozambican refugees in Kapise camp in Malawi.

Beira, 11th April 2016

Bishop Francisco Chimoio, Archbishop of Maputo, President of the Episcopal Conference of Mozambique

Translation from Portuguese by Boris Yabre, M.Afr

“Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, abraçaram-se a paz e a justiça” Salmo, 84,10


A Comissão de Justiça e Paz da Diocese da Beira, vem por este meio, convidar a cada um de vocês, a unir-se no dia Sábado 14 de Maio as 20:00 horas em um momento de Oração pela Paz, o Dialogo e a Reconciliação em Moçambique.

Como sinal, convidamos a que nas Vésperas de Pentecostes acendamos uma vela as 20:00 horas em todo Mocambique e alem fronteiras para “ Pedir a Deus que Iluminar Moçambique com as chamas do Espirro Santo”, “Peçamos a Deus que ilumine Moçambique com a Luz da Esperança de que outro Moçambique diferente e possível”. Um Mocambique justo, digno dos filhos e filhas de Deus.

Encontraram-se a misericórdiaOremos a Deus para que Deus Ilumine Moçambique nas vésperas de Pentecostes, unindo-nos em oração; em casa, na festa, na barraca, em qualquer lugar onde esteemos. Vamos unir nossa FE, nossa Esperanza e nosso desejo de um Moçambique que viva na Justiça e na Paz. Não a Guerra sim a Paz. Não a Morte, sim a Vida…

Convide seus amigos pelas redes sociais ou pessoalmente, no serviço, na Igreja… para estar todos em oração nas Vésperas de Pentecostes, a Vinda do Espirito Santo, o Espirito de Justiça e de Paz…

Fraternalmente, Pe Ciprisio (Fidel) Fidel_Salazardel Muro.

Coordenador da Comissão de Justiça e Paz e Integridade da Criação. Missionário de África. PB. Moçambique, Beira.